Interpretação de texto: como estudar e obter nota máxima




A interpretação de texto é um dos assuntos mais cobrados em concurso público e responsável por pelo menos 40 % das provas de português para concurso. O grande erro de muitos concurseiros é não dar a devida prioridade para esta disciplina.

Interpretação de texto: como estudar e obter nota máxima

Eu mesma já tive este hábito, mas tudo mudou quando eu passei a seguir essas mesmas dicas que trago aqui. Se você é novo (a) no blog e ainda não acompanha minha jornada como concurseira não deve saber, mas eu obtive nota máxima em português do concurso público que me submeti.

Hoje sei que isso só foi possível graças a minha dedicação total as disciplinas, inclusive interpretação de texto. Se você acha é interpretar um texto é fácil, também está engano e se acha que não consegue aprender este tema, também está.

Muitas vezes até a falta de atenção ou nervosismo nos separa da nossa aprovação quando se tratar dos erros em interpretação de texto. Por isso, neste post vocês irão aprender:

  • Como a interpretação de texto é cobrada nos concursos públicos e vestibulares?
  • Como eu estudei interpretação de texto para concurso e fui aprovada em 1º lugar
  • Como a interpretação de texto é cobrada nos concursos públicos e vestibulares?

Os concursos e vestibulares costumam cobrar a interpretação de texto avaliando se o candidato que está concorrendo a vaga tem uma boa leitura. Para avaliar esta boa leitura eles geralmente cobram questões que avaliam o sentido do título, texto, argumentação e conclusão que o autor do texto quis dar sobre o assunto.

Para entender melhor como obter a nota máxima nas questões de interpretação de texto, veja as dicas:

  • Entenda o título:

Como eu falei antes, uma das formas que a interpretação de texto é cobrada nos certames é pelo entendimento do título. Entendendo ele, já saberemos do assunto que se trata e isso já é meio caminho andado.

Assim, sempre que for realizar a interpretação, observe o título e procure entender a relação dele com o tema central, pois  ele normalmente já resume a ideia central do texto.

Dica: observe o uso de palavras que possam confundir o leitor, como a inserção de palavras que exprimem ironia, já que algumas podem gerar um sentido diferente ao título. Essas palavras geralmente vem acompanhadas com “”.

  1. Ler o texto pelo menos três vezes:

A interpretação de texto também é cobrada pelos certames através de perguntas sobre a argumentação do autor do texto. Para entender a ideia central e os argumentos que regem esta ideia, você deve ler o texto várias vezes, pelo menos três vezes.

Eu errava bastante questões de interpretação de texto no início de minha jornada como concurseira, pois sempre me deixava levar pela primeira impressão. Ansiosa pelo pouco tempo para finalizar a prova, eu lia o texto apenas uma, duas vezes no máximo, me confundia com as palavras e acaba sempre errando as questões.

É importante saber que você vai perceber que a cada leitura, novas ideias serão surgidas e o que você entendeu na primeira leitura, pode ser mudado com a segunda ou terceira.

Uma dica é ler até a terceira vez e depois disso, na folha do verso colocar esboços sobre o entendimento do texto. A partir daí você pode partir para responder as questões.

  • Uma dica: tenha cuidado com palavras que generalizam o texto

Interpretação de texto: como estudar e obter nota máxima

Você já deve ter visto em questões de concurso, algumas alternativas que iniciam seu texto com as palavras “apenas”, “todo”,  “qual quer”, não é mesmo ¿

Por isso, é importante que você  perceba cada palavra do texto e qual o sentido dela. Tome  cuidado com palavras que generalizam muito ou especificam demais, pois na grande maioria das vezes essa alternativa já pode ser descartada como verdadeira.

  • Como eu estudei interpretação de texto para concurso e fui aprovada em 1º lugar

Para finalizar este artigo eu trago algumas dicas que me fizeram estudar interpretação texto e ser aprovada ao concurso público que me submeti, com nota máxima nesta matéria.

  • Fazendo resolução de questões

Resolver questões é imprescindível para entender como a interpretação de texto é cobrada nos concursos. Eu, particularmente,  resolvo as questões eliminando as alternativas que não apresentam ideias semelhantes ao texto. Com isso, você já consegue eliminar de duas a três alternativas.

Quando eu fico com dúvida entre duas questões, eu busco palavras-chave no enunciado da questão que podem me dar pistas da alternativa correta e também busco eliminar a alternativa que tenha algum palavra que generalize demais como “apenas”, “somente”, “todo”, “qual quer”.



  • Comparando as alternativas com o texto:

Além de ler o texto também é importante ler e reler sempre as alternativa, sempre comparando com as ideias do texto. Lembrando que todo texto deve ter a sua ideia central e você precisa identifica-la.

Eu sempre quando resposto as questões de interpretação de texto, anoto o motivo de estar marcando aquela alternativa como certa e o restante como erradas, assim eu ter certeza que marquei a questão correta

  • Traçando a estrutura do texto

Sabendo que eu sempre sou uma das últimas a entregar o gabarito, e que portanto, consigo trazer a prova para casa, utilizo o texto para traçar setas, marcar enunciados e marcações que pode me auxiliar a obter a nota máxima.

Para isso, uma das primeiras coisas que faço após a leitura do texto é traçar a sua estrutura com a ajuda de um lápis.

Vou marcando os parágrafos que fazem parte da introdução, desenvolvimento de argumentos e conclusão, pois deixando o texto organizado eu consigo entender melhor sua ideia central.

Faço isso, pois avaliando e traçando a estrutura do texto, ele já me diz quais pontos ou elementos chaves são mais importantes, me ajudando também a identificar a intenção comunicativa do texto.

  • Avaliando as palavras principais do texto

Outra dica que trago aqui é tratar a interpretação de texto como uma investigação, pois várias questões de interpretação de texto trabalham informações explicitas e implícitas no texto.

Sobre esta última, sabe- se que ela é “carregada” de vestígios, desta forma a informação não está explícita, mas ela  existe.

Mas então como encontrar essa informação ?  investigando os vestígios e muitas vezes através de uma palavra irônica, de figuras de linguagem, o uso da primeira ou terceira pessoa verbal, uso de aspas,  etc. Tudo isso pode indicar a intenção do autor ao escrever o texto, daí se tira o vestígio que nos leva à boa interpretação.

 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR DESTES POSTS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.